O site "CAMINHOS E SONHOS" registra uma coletânea de conteúdos diversificados. O autor, "Rodolfo Antonio de Gaspari-Prof.Roangas" mostra dentro do espaço das letras muita sensibilidade poética de um grande sonhador.
Caminhos E Sonhos
Pincelamos as letras para que as palavras sejam transformadas na essência da sua criatividade...
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
Textos
ENTREVISTA COM O BAILARINO PROF. LUIZ CÉSAR FRADE


P.: QUAL É O SEU NOME?
R.:  LUIZ CÉSAR FRADE


P.: A SUA IDADE?
R.: 45 anos.

P.: AINDA SE ENCONTRA NA ATIVA COMO BAILARINO?
R.: Não, infelizmente por causa de um problema na coluna vertebral tive que deixar a Companhia de Dança.

P.: QUANDO INICIOU A SUA CARREIRA DE BAILARINO?
R.: Iniciei a minha carreira de bailarino um pouco tarde para as normas da dança, pois, dizem que tem que começar logo cedo e eu comecei aos 21 anos, porque moro no interior e as coisas demoram a chegar por aqui.

P.: TEVE INÍCIO NESSA CARREIRA POR VOCAÇÃO OU INCENTIVO?
R.: Sempre gostei muito de dançar, de teatro, de cinema, enfim tudo que é ligado à arte gosto muito e por incentivo de um amigo que até está em outro plano (ALCINO), passei a fazer parte da "ACADEMIA DE DANÇA ALONGUE-SE", dirigida pela professora Mirângela que se encontra hoje na cidade de Sorocaba-SP-

P.: TEM CURSO SUPERIOR DE DANÇA?
R.: Não, sempre precisei trabalhar e comecei como todo mundo, como hobby. Tive vontade de fazer um curso superior de dança, mas o curso é integral e muito longe de onde eu resido. Hoje tenho algumas amigas que faziam parte da Companhia que já estão formadas por uma Faculdade de Dança. Fiz vários cursos dentro e fora da minha cidade.

P.: EXERCEU OUTRA OCUPAÇÃO CONCOMITANTE AO ESPAÇO DA DANÇA?
R.: Sim, sempre trabalhei e estudei e tinha a DANÇA como hobby e com o tempo tornou-se muito sério e de muita responsabilidade, pois, participávamos de grandes eventos renomados e ficamos muito conhecidos.

P.: QUAL FOI O CORPO DE DANÇA MAIS IMPORTANTE PARA VOCÊ?
R.: Participei apenas de um e nele permaneci por 18 anos.

P.: QUAL A MODALIDADE DE DANÇA QUE VOCÊ MAIS ATUAVA?
R.: Todo BAILARINO, independente do clássico que é a BASE para todo tipo de modalidade como leveza, equilíbrio, força, expressão, etc... deve passar por todas as técnicas e modalidades, porque dá uma bagagem de experiência e de referência dos movimentos, pois, é isto que sempre levamos para todos os ritmos: referência de movimentos.

P.:PARTICIPOU COM O SEU GRUPO DE DANÇA ASSOCIADO A ALGUM ÓRGÃO PÚBLICO?
R.: Sim ele está vinculado ao TEATRO MUNICIPAL DE MOCOCA "PEDRO ANGELO CAMIN"

P.: TEVE ALGUM PRÊMIO DE DESTAQUE COMO BAILARINO? QUAL MODALIDADE? CONJUNTO OU SOLO?
R.: Isso é a glória que todo BAILARINO almeja como uma medalha olímpica, mas eu nunca conquistei esse prêmio. Entretanto sempre tive muitos elogios de profissionais e ganhei MUITOS PRÊMIOS participando com o grupo.

P.: PARTICIPOU DE MUITOS FESTIVAIS COMPETITIVOS? SE, QUAL O QUE MAIS LHE MARCOU?
R.: Participei de muitos festivais dentro e fora do estado de São Paulo e todos me marcaram muito, principalmente o de JOENVILLE -SC-, pois, tinha mais de 5.000 pessoas na platéia e quando ganhamos a quarta Companhia de Dança do estado de São Paulo no Mapa Cultural Paulista.

P.: COMO ERA O SEU PREPARO, ENSAIOS...?
R.: Como tudo é difícil nessa vida, trabalhava, estudava e ensaiava nos finais de semana e nos intervalos do trabalho da escola (como professor) e sempre intensos e com muitas pesquisas.

P.: QUAL FOI O GRUPO MAIOR DE PARTICIPANTES QUE VOCÊ PERTENCEU?
R.: Como participei de apenas uma Companhia de Dança posso dizer que em certas épocas variava muita a quantidade de BAILARINOS, mas chegamos ter dezoito elementos no grupo.

P.: COMO VOCÊ DEFINE O BALLET CLÁSSICO?
R.: O BALLET CLÁSSICO é a base para que possamos estar bem no palco e em qualquer apresentação e modalidade. Como já disse: -Ele nos dá a força, equilíbrio, leveza, postura...

P.: QUAL ASPECTO DA DANÇA FOI IMPORTANTE NA SUA VIDA COTIDIANA?
R.: Nossa!... Muito importante. A DANÇA dá a bagagem para a vida de uma forma que você vê a vida como a própria vida. Você busca DANÇAR A SUA PRÓPRIA DANÇA. Ela eleva a ALMA ao ESPAÇO INFINITO e IDEFINIDO e define o que O ESPAÇO É.

P.: VOCÊ TEVE ALGUMA DECEPÇÃO DURANTE OS SEUS 18 ANOS DE CARREIRA COMO BAILARINO? (RESPEITO A SUA OMISSÃO)...
R.: Não grande decepção, mas um pouco chateado por às vezes não ter feito uma boa apresentação, pois, deslizes acontecem.


P.: COMO ERA O SEU RELACIONAMENTO NO SEU GRUPO DE DANÇA?
R.: Muito bom passa a ser uma FAMÍLIA. Você convive tanto que fica sabendo dos problemas de todos, acaba se ajudando mutuamente e é muito divertido, pois, existem momentos de descontração incríveis.

P.: EM QUE A DANÇA É IMPORTANTE NA VIDA HUMANA?
R.: A DANÇA dá um segurança no dia a dia, pois, o viver é um ETERNO DANÇAR, onde você salta para novos lugares, gira na busca de novas oportunidades e no final pelos aplausos.

P.: INCENTIVA ALGUÉM A SE INICIAR NESSE ESPAÇO DE BAIRALINO?
R.: Todos deveriam experimentar, ou melhor, passar por essa experiência, ela é gratificante e muito gloriosa.

P.:QUAL É A DIFERENÇA DO BALLET CLÁSSICO COM O CONTEMPORÂNEO?
R.:
O BALLET CLÁSSICO segue normas, regras... Tudo dentro de uma linha da qual jamais se pode fugir quando se propõe em executá-lo. Agora o CONTEMPORÂNEO já responde por si só. Ele retrata uma realidade viva da qual eu, você ou quem quer que seja esteja vivendo ou passando.

P.: QUEM ELABORAVA AS COREOGRAFIAS E FIGURINOS DO SEU GRUPO DE DANÇA?
R.: As coreografias dependendo da modalidade eram criadas pela coreógrafa, mas a nossa Companhia vai mais pela linha contemporânea, então se faz muitos experimentos de movimentos com relação ao tema a ser desenvolvido, daí em conjunto com a coreógrafa sai a coreografia e o figurino.

P.: SE NÃO ESTIVESSE AFASTADO COMO BAILARINO, AINDA ESTARIA NO ESPAÇO DA DANÇA?
R.: Sim, com absoluta certeza!

P.: COMO VOCÊ DEFINE A EXPRESSÃO CORPORAL NA VIDA DE UM BAILARINO (a)?
R.: É tudo, porque não se dança sem o corpo falando, é ele quem diz e executa os movimentos dirigidos pela alma que o comanda.

P.: ACHA IMPORTANTE A INICIAÇÃO INFANTIL NO MUNDO DA DANÇA? POR QUE?
R.: Sim, a criança desenvolve a coordenação motora, aprende a se relacionar bem em grupo, a ter disciplina sem contar, que fisicamente ela vai se desenvolver muito mais.

P.: DEIXO A PALAVRA LIVRE PARA AS SUAS CONSIDERAÇÕES FINAIS.
R.: Agradeço a oportunidade de poder falar um pouco sobre o que vivi e que levarei para o resto da minha vida. E aproveito o momento para pedir aos GOVERNANTES, para que deem muito mais incentivo à arte em geral no Brasil, são poucos aqueles que colaboram. GRATO!




CELEBRIDADE -ENTREVISTA-
ENTREVISTADO: BAILARINO PROF. LUIZ CÉSAR FRADE
ENTREVISTADOR: PROF. RODOLFO ANTONIO DE GHASPARI
Ilustração: -Foto-(HOMENAGEM)-Autor: Prof.Roandas-



roangas
Enviado por roangas em 22/10/2009
Alterado em 02/11/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Seremos únicos em tudo que criamos... da criatividade vem a inspiração dos sonhos e até das próprias fantasias...



TEXTOS EM DESTAQUE:

Conto:

O Homem das Estrelas

Poesia:

Amizade

Crônica:

Quando se Perde a Energia

Mensagem:

Os Anjos

Carta:

O Belo Existente em Você

Poetrix:

Abraço