O site "CAMINHOS E SONHOS" registra uma coletânea de conteúdos diversificados. O autor, "Rodolfo Antonio de Gaspari-Prof.Roangas" mostra dentro do espaço das letras muita sensibilidade poética de um grande sonhador.
Caminhos  E  Sonhos
Pincelamos as letras para que as palavras sejam transformadas na essência da sua criatividade...
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

          
                           
O   INDIVIDUALISMO


              Como vivemos numa cultura de valores individualistas, sem perceber nos tornamos “individualistas”.

                Quase por natureza humana somos egocêntricos. Retemos sempre muitos pensamentos direcionando todos para conosco mesmo. Isso, quase nos leva ao egoísmo personificado e visto socialmente como um diagnóstico de orgulho, até presunção.
 
                Não pensamos muito para fazer determinadas coisas, fazendo-as por hábito, isso porque tudo o que é cultural acabamos assimilando. Por exemplo, tomamos banho todas às manhãs e não pensamos para tomar banho, simplesmente tomamos banho. Centenas de outros hábitos acontecem dessa maneira.
 
                Interessante saber: supervalorizando o indivíduo vai fazê-lo entender que “ele consegue viver sozinho”. Isso que o sistema ensina não é válido, é uma mentira. A própria ciência ensina a impossibilidade do se humano viver isolado.
 
                Aprendemos ser humano pela própria convivência com ou outros seres humanos. A nossa sobrevivência precisa “um do outro” tanto quanto a manutenção da espécie humana. Precisamos dos animais, dos seres vivos microscópicos e até dos maiores existentes. Necessitamos do ar, das plantas, da água. Essa toda interdependência mostra claramente que não conseguimos viver sozinho. Precisamos de toda natureza, como ela também precisa de nós. A preservação está ai incluída.
 
                Somos a própria vida habitada dentro de nós. A palavra companheirismo é algo para ser refletido com precisão, ela significa: “comer do mesmo pão”. Logo vivemos os mesmos problemas, desilusões, dores, limitações, onde tudo se define como realidade humana.
 
                Tudo se torna mais fácil quando podemos compartilhar, se doar... Somos iguais uns aos outros! Essa igualdade conduz a ser humano, mas somente se percebe essa realidade quando tornamos solidários, quando nos doamos ao nosso semelhante sendo companheiros.
 
                Derrotas e vitórias devem ser compartilhadas, ambas é valores eminentes de se consolidar a amizade.Depois de todas essas certezas, quase “leis de condutas e vivência” vamos concluir que o INDIVIDUALISMO não é uma constante, por mais próximo dele estivermos.
 
                Não nascemos sozinhos, podemos ser seres, poucos afastados, mas como um elemento humano, “não individualista ou egocêntrico”!


 
                                                   images?q=tbn:ANd9GcS0i6pFKm_4XGzb805odNOmvCvr36FuxeK6QslaBBAaLNGUw4atiY-4xg      
                         



Crônica
Fonte:DIVERSO UNIVERSO DE CRÔNICAS
Autor: Prof.Roangas-Rodolfo Antonio de Gaspari-
Imagens:Google
 
 

 
 
 
 
 
               

roangas
Enviado por roangas em 20/10/2010
Alterado em 28/07/2011
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Seremos únicos em tudo que criamos... da criatividade vem a inspiração dos sonhos e até das próprias fantasias...



TEXTOS EM DESTAQUE:

Conto:

O Homem das Estrelas

Poesia:

Amizade

Crônica:

Quando se Perde a Energia

Mensagem:

Os Anjos

Carta:

O Belo Existente em Você

Poetrix:

Abraço