O site "CAMINHOS E SONHOS" registra uma coletânea de conteúdos diversificados. O autor, "Rodolfo Antonio de Gaspari-Prof.Roangas" mostra dentro do espaço das letras muita sensibilidade poética de um grande sonhador.
Caminhos  E  Sonhos
Pincelamos as letras para que as palavras sejam transformadas na essência da sua criatividade...
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
30/09/2010 19h58
O DOM DA AMIZADE


              
      

PENSAMENTO DO DIA


NÃO HÁ COINCIDÊNCIA NA VIDA. TUDO DE GRANDE E PEQUENO PORTOE É POR UMA RAZÃO. PRESTE MUITA ATENÇÃO!
                 
                      


O    DOM    DA    AMIZADE   

     Somos presenteados, quando descobrimos mais um grande amigo. 

     Tão logo pela virtude, bondade e comunicabilidade fazem pelo apego a mais pura e sincera AMIZADE, uma força sublime de continuarmos vivendo e se relacionando humanisticamente pelo dom da afinidade e lealdade. E por meio de um AMIGO aprendemos, vivenciamos todos os gestos de carinho, distribuindo o amor fraterno através da sensibilidade e respeito.

     Com isso adquirimos mais irmãos do que simplesmente amigos!
                                      
    Opinião:     


     Hoje a corrida causada pela necessidade de sobrevivência, faz um cotidiano muito individualizado. Com isso vai se distanciando de muitas oportunidades em diversos momentos da nossa vida.  Uma perda dessas se faz pela presença de um amigo, como ombro, palavras... E o ser vai caminhando muito só, envolto com os  seus sérios problemas diários; não se tem tempo e nem se faz dos momentos para olhar ou se dedicar a um amigo, conciliar outros nesse círculo da amizade, muito menos, e vai se distanciando mais e mais...  Quem perde é o próprio homem que no seu papel de introvertido fica alienado aos gestos mais humanos e temíveis. Surgem as revoltas, os desesperos, ansiedades, estresse e em consequência tantas patologias de enfermidades. Seria muito mais recomendado ir ao encontro de amizades, conciliando novos amigos, desobrindo valores para que todas as potencialidades possam reciprocamente haver ajudas mútuas na figura marcante de um AMIGO. Voltar  aos costumes e práticas da riqueza compatível da amizade seria mudar direções, para dias mais aplausíveis de vitórias, soluções e esperanças... portanto... menos derrotas pessoais.

                       



 Autor: Prof.Roangas-Rodolfo Antonio de Gaspari
  Imagens:-Google-

 

Publicado por roangas em 30/09/2010 às 19h58
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
28/09/2010 01h04
O CAMINHO DE DEUS


      


VERSÍCULO BÍBLICO:

"FELIZ QUEM  NÃO SEGUE O CAMINHO DOS MAUS, MAS TEM A SUA ALEGRIA NA LEI DO SENHOR"

                                       (Salmo 1,1)

                                           
                                               

 

REFLEXÃO:

 
O CAMINHO DE DEUS

     Quanto mais distantes estivermos de uma filosofia religiosa, de uma fé habitada dentro de nós, estaremos mais sujeitos ou aptos em adquirir nessa trajetória, as malezas do mundo. 

     Nelas um número grande de caminhos que conduzirão os fracos aos abismos da vida, atraindo cada vez mais o caminho dos maus. 

     Toda e qualquer decadência pessoal, envolta também socialmente, entre pecaminosos desvios do submundo traz pela negatividade, a queda pessoal do indivíduo.

     Procurar se adequar com pensamentos bons, postiivos, amparado pela  interiorização das preces, praticando o bem...estaremos sempre irradiados e premiados por uma luz Divina, que nos retribui com melhorias, progressos e prosperidades.

     Meditar é uma recomendação para que seja chegada, a alegria  na Lei sábia do Senhor e com isso a estrada dos maus  estará  bem distante dos nossos humildes trilhos que marcam os nossos rastros no caminho da Paz de Deus!



Reflexão: Prof.Roangas-Rodolfo Antonio de Gaspari
*Imagens:-Google-*
                       


Publicado por roangas em 28/09/2010 às 01h04
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
07/12/2009 10h38
UM AMOR INCONDICIONAL
         PENSAMENTO  DO   DIA:
                                      
       
POR MAIS DIVERSIFICADAS QUE POSSAM SER AS CORES, O QUE PREVALECE É A ALVURA DO INTELECTO DA ALMA.

                                                               
Já algum tempo, que não vejo o meu amigo LALAU!  Mas lembremos do ditado popular: "QUEM É VIVO SEMPRE APARECE".   Por mais que eu tenha insistido, ele não me disse o motivo dessa distância. Sabemos que poetas e sonhadores esperam pelo momento das suas hábeis e puras inspirações. Novamente estou diante de LALAU. Sempre sorridente, atraente, pouco apreensivo. Desta vez trouxe-me um contéudo diferente, deixou das suas histórias de amor, observadas no longo do seu caminho. Disse-me:- Percorri trilhos e atalhos, continuo vivenciando fatos e nunca boatos, e sim  verdadeiros "causos",que levam à reflexão de qualquer um. Concluiu, você verá... Escreva ai:

                   UM AMOR INCONDICIONAL

                            Costumeiramente adentrando a um recinto escolar e cumprimentando a todos com um "bom dia", no sorriso, chega-se a um livro/ponto e se dirige através de um corredor extenso ao seu espaço, repleto de livros.  Aí inúmeras obras são emprestadas periodicamente e lidas ano após ano.

               Um fato, fora desse cotidiano, desperta a atenção: crianças alvoroçadas gritam, exteriorizam os seus intintos imaturos. É lindo ser uma criança! Verificando tanta empolgação dos infantis, observa-se um ser diferente entre toda aquela "petizada".

               Esse ser, tão festivo, tanto quanto as crianças, rodopia em volta de sim mesmo, se entrelaça entre as pernas e saltitante, como se estivesse sorrindo para eles. Nesse interim, com o despertar da sineta, anunciando a proxima aula, todos se dirigem para as salas de aula., esvaziando o pátio. Um silêncio enorme invade o ambiente.

               Aquele ser que por hora, era o grande centro de atenção, caminha aleatoriamente e solitariamente por todo recinto. Ora corre atrás de um passarinho, ora se espreguiça e deita à sombra de uma árvore. Passa um, ela saúda, outro mais, acompnha, outro acolá, estala os dedos no aguardo festivo daquele ser.

               "NEGUINHA" por ser assim  chamada alegremente,  explora todo espaço educativo, visitando física, química, matemática, história, geografia, ciências, português e até inglês... Mas a predileta é a educação física, porque ela gosta de vivenciar a movimentação do alunado nessa específica atividade escolar.

               E assim o dia vai passando, mudam as turmas, mestres e funcionários e "NEGUINHA", lá... sempre atuante, presente, contente. Um novo dia se inicia, chuvoso, intepestivo e temeroso, como aquele papel que chega às mãos, pedindo ciência de que a partir daquele dia, estava terminantemente proíbido de acolher e alimentar animais naquele recanto escolar.

               Uma vez cientificados da proibição, uma tristeza  muito grande tomou conta de todos, que ali, se fizeram de amigos de "NEGUINHA".

               Não se sabe a origem, nem tão menos, por qual das portas de entrada "NEGUINHA" surgiu!

                  
                        
 
          E ONDE ESTÁ LALAU?

 
Ele saiu muito apressadamente, sumiu no seu caminho. Demonstrava, pouco antes, um pouco triste com esse relato acima. Eu não poderia imaginar que LALAU fosse um grande "preservador" do mundo animal. Mas deixou bem claro, que NEGUINHA é uma história verídica. O meu amigo LALAU, busca todos os cantos e recantos... Dessa vez dentro de um establecimento de ensino. Eu fiquei "vendo os ares", queria saber mais e mais... da pobre cachorrinha "NEGUINHA". Somente deixou a foto, acima exposta, e... partiu... Quando será que LALAU VOLTA!?????




CONTO
FONTE: PASSARELA DE CONTOS
AUTOR DO CONTO E IMAGENS- Títulos: DEGRADÊ E CACHORRINHA NEGUINHA-:
Prof. Roangas -Rodolfo Antonio de Gaspari-




               

                    

                                                   
                              

Publicado por roangas em 07/12/2009 às 10h38
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
09/11/2009 17h05
A VERDADE

PENSAMENTO DO DIA
          
A ANSIEDADE PESSOAL, ATÉ PARTICULAR, NÃO SÃO JISTIFICATIVAS PARA BUSCAR NAS BRIGAS A SOLUÇÃO DE CONTINUAR UM GRADNE AMOR.

                                   (((()))))

O meu amigo LALAU chegou sorrindo, demonstrando ter passado um final de semana muito radioso, alegre, ocupado, entretido...
Relatou-me:
                            (((())))
                         
                   A VERDADE       

Esquivamos quase sempre das verdades ditas. Ninguém gosta de ouvir aquilo que outros observam como verdades. Todas as pessoas que nos rodeiam têm o bom senso ou não, de transmitir a nós uma análise, que muitas vezes inclui-se perfeitamente como realmente somos, procedemos... Saber por outrem "quem é quem" .

Descrever ou dizer espontaneamente o verdadeiro dos indivíduos, positivamente ou negativamente de forma construtiva, muitas vezes é corrigir a sim próprio. A verdade nunca deverá vir como crítica e sim evidenciando um convite de melhorias e mudanças.

O comportamento complexo do ser humano é uma arte para ainda se estudar, na sua essência da evidêrncia;trasnferências que nunca enxergamos em nós. Quanto temos de errado dentro de nós!

Interessante é salientar que a maioria, interpreta O DIZER  A  VERDADE como tão somente pelo lado negativo. Cada um tem o seu "belo interior".

Atira-se a primeira pedra aquele que  possa se julgar extremamente perfeito, sem erros, virtudes ou defeitos.

A eficiência de como se conduzir a vida, o "eu" , se constrói com o tempo, através das experiências vivenciadas, transcorridas de forma descente e salutar.

E, LALAU concluiu incluindo: -Nesse final de semana pude aprender como é bom SABER  e DIZER  A VERDADE, não como sinônimo da sinceridade e sim como algo que nunca gostamos de encarar e aceitar.  Pare para pensar nisso como uma reflexão, e depois busque a VERADE  dentro de você.

Meu amigo LALAU saiu com passos largos, sorrindo e pronunciando:


-Vou indo dizer umas verdades olhando para dentro de mim!!!

                             

Leitura para reflexão
Fonte: Mensagens
Autor do texto e ilustração-Foto-(BICADA):
Prof.Roangas-Rodolfo Antonio de Gaspari-


Publicado por roangas em 09/11/2009 às 17h05
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
04/11/2009 18h00
LÍVIA
PENSAMENTO DO DIA

NUNCA LAMENTE UMA ILUSÃO PERDIDA, POIS NÃO HAVERIA FRUTO SE A FLOR NÃO CAISSE.
 
 
SUGESTÃO:
Você poderá saber um pouco mais do meu amigo LALAU, nesse MEU DIÁRIO. O seu perfil encontra-se registrado na data de 28/10 p.p.
 
 
        L  Í V I A 
 
Interessante! A exemplo de um “guia”, sem mistérios místicos ou dogmas filosóficos, religiosos, LALAU tem me conduzido e auxiliado no dom de escrever ou historiar, numa linha singela, de um pobre e humilde escritor, sem regras e capacitação. Sobretudo, ELE, um grande amigo, já demonstrado ser, aquele que é rico nas suas criações literárias, mas não sabe ou se propõe escrever. Eu SOU O SEU SECRETÁIO... Numa manhã lindíssima de sol, sem ser escondido por nuvens alvas, somente o azul claro, bem celestial, mostrando pouca evaporação do ar. LALAU me ditou:
 
 
         Ninguém vive sozinho, sempre tem à nossa frente um esteio, tanto para as confidências, como pouso às inspirações ou metas do próprio cotidiano.
 
         Dirigido nessa proposta JULIE descobriu LÍVIA. Ela, a grande amiga, irmanada até na intelectualidade e comportamento de JULIE. Ela apegada à LÍVIA, transferia o seu anônimo numa perfeita harmonia e fidelidade fraterna ou!!!... (decisões ou indecisões).
 
         Ambas, consciente ou inconscientemente edificaram o “elo” que se busca nos primórdios, os gestos puros, angelicais, carinhosos, mãos dadas e ombro onde se repousa a singeleza da amizade.
 
         Que lindo nome o de LÍVIA! LALAU bastante empolgado analisou:- que pais inteligentes na escolha do nome da filha LÍVIA, que sem nenhuma análise lingüística também marcou épocas na antiga Roma entre Pilatos, Nero, César... depois mais tarde, entre os gregos.A grande musa e paixão de Letucius; mas tarde na França, a preferida na sensualidade de LUIS XV. E por outras entranhas podemos até criar um livro de todas as gerações da grande e poderosa LÍVIA.
 
         Mas essa LÍVIA surgiu trazendo o seu passado aqui no berço sofrido de um país chamado Brasil. Ela numa aquarela de múltiplas cores além das sete do arco-íris.
 
         Um privilégio JULIE ter conhecido LÍVIA, igualado aos personagens de épocas remotas, históricas e verdadeiras.
 
         Porém, essa LÍVIA não teve os palácios, pilares gregos, mansões e palacetes do seu ontem, talvez uma oposição com restígios orientais indiano, extravagante, com postura de seriedade, inteligência, espírito de chefia e liderança. O místico a fez no contemporâneo uma pessoa diferente, concentrada, e, crítica, quebrando tradições, fugindo dos índices sociais de uma cidade interiorana chamada Tapetópolis. Ainda tinha o seu próprio reinado. Meio  contraposto, um misto de brasileira, a tradicional indígena (predomínio brasileiro da tribo Tupi Guarani e depois ao misticismo dos negros escravos chegados da África). Tal os nomes que ela escolheu para os seus próprios filhos.
        
         Com tão grande representatividade, certezas, objetividade... foi a primeira citada por JULIE a ANTONY, despertando nele não curiosidade, mas a certeza de adquirir mais uma inteligente personagem ou inteirar-se às pessoas especiais de JULIE. Isso aconteceu partindo de ANTONY, voltado também a mais uma amizade chegada à LÍVIA. Unir os justos, fiéis seres envoltos em nós é crescer e evoluir às prosperidades da vida futura. Sempre de sábios tornamos súditos, porque aprimoramos com experiências cultas dos nossos alheios.
 
         ANTONY, se sentia feliz, até como mais, um “ponto positivo” à análise que ele vinha fazendo junto ao belo interior de JULIE. Entretanto, ela ligada assiduamente à amizade de LÍVIA tornava-se um presente para ANTONY.   
 
         Seria impossível “deixar de lado”, passo a passo desse encontro inesperado –ANTONY  versos JULIE- para com LÍVIA. A ela eram transmitidos todos os acontecimentos “positivos e negativos” e seriedade que vinha sendo concretizada com o pacto desses dois seres especiais, obviamente como JULIE sempre fazia mesmo antes dessa descoberta.
 
         Por força da “linha do destino” ou outras razões não com tanta integridade, mas ANTONY, como forma grata e afetiva passou a gravitar nesse canteiro, colhendo dele as flores da amizade existida entre JULIE e LÍVIA.  Ou até um tanto estranho, no sentido de ser intruso ou não, ANTONY adquiriu sua proposta inocente, pura, fazer-se presente ou incluído entre ambas.
 
         Assim começou rapidamente um entrosamento entre os três ANTONY – JULIE – LÍVIA.
 
         LALAU “evaporou-se”! Foi embora... como sempre deixando a mim mais uma mensagem como reflexão:
 

A AMIZADE É UM DOM, UMA ESCOLARIDADE NO BERÇO DE NOSSA VIDA, DELA CONCLUI-SE A MAIOR REALIZAÇÃO: “ELOS AFINS”
 


 
CONTO DESCRITIVO
Fonte: PASSARELA DE CONTOS
Autor do conto e da ilsutração-Foto-(JUSTIÇA):
Rodolfo Antonio de Gasapri - Prof. Roangas-
            
 
           

Publicado por roangas em 04/11/2009 às 18h00
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 4 de 6 1 2 3 4 5 6 [«anterior] [próxima»]

Seremos únicos em tudo que criamos... da criatividade vem a inspiração dos sonhos e até das próprias fantasias...



TEXTOS EM DESTAQUE:

Conto:

O Homem das Estrelas

Poesia:

Amizade

Crônica:

Quando se Perde a Energia

Mensagem:

Os Anjos

Carta:

O Belo Existente em Você

Poetrix:

Abraço