O site "CAMINHOS E SONHOS" registra uma coletânea de conteúdos diversificados. O autor, "Rodolfo Antonio de Gaspari-Prof.Roangas" mostra dentro do espaço das letras muita sensibilidade poética de um grande sonhador.
Caminhos  E  Sonhos
Pincelamos as letras para que as palavras sejam transformadas na essência da sua criatividade...
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
05/11/2010 15h45
INTERIORIZAÇÃO

                            
                        
Evangelho do Dia

 

NÃO SE ENVERGONHE DE CONFESSAR OS SEUS PECADOS: SERIA COMO QUERER PARAR AS ÁGUAS DE UM RIO.
(Eclesiástico 5,26)

  
Reflexão


Quantas vezes nós nos envegonhamos de expor, aquilo que causamos como ofensas ou infratamos junto das  muitas situações do cotidiano.

Dificilmente deixaremos de pecar ou causar ofensas, mesmo emocialmente ou moralmente alguém. Vamos acumulando uma série de procedimentos, pois a arte de conviver ou se relacionar humanisticamente é muito árdua e difícil, um condicionamento que somente com o tempo vamos adquirindo.

Muitas vezes somos seres inconscientes pelos atos praticados e o pior quando fazemos tudo conscientemente, longe de avaliar se  machucamos ou deixamos as pessoas magoadas... A retratação é uma das formas da resignação, um empenho para desfazer elos feridos. 

Confessar os erros como pecados está na religiosidade pelos atos cristãos. Somente se perdoa ou se tem a coragem de reconhecer as falhas, quem consegue abstrair da Palavra de Deus o compromisso maior do juramento e seguimento de uma aprendizagem de vida e gestos humanos.

A prece também conduz ao conficionário da melhoria pessoal e da Paz interior.   

Envergonhar-se de cofessar os seus próprios pecados pela interiorização é esvaziar-se e manter o seu pacto com o seu eu interior e DEUS!



Fonte:Momento de  Reflexão
Mensagem de Auto Ajuda
Autor:
Prof.Roangas-Rodolfo Antonio de Gaspari

Publicado por roangas em 05/11/2010 às 15h45
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
04/11/2010 11h05
INCERTEZAS
FRASE DO DIA:
RIR E CRITICAR GRATUITAMENTE O SEU ALHEIO É RECONHECER AQUILO QUE REALMENTE VOCÊ É.




INCERTEZAS

Quando das incertezas trazidas,
Dos vendavais de intrigas,
Que deslizam por todos,
Os cantos sem busca,
De reconcilio e acertos,
Vem a tempestade,
Devastadora, destruidora...
Derruba encantos,
Planos e metas,
Dos destinos destinados,
Outrora sonhados,
Margeados de canteiros e flores,
Hoje tudo murchado, secado,
Pelos dias vazios, sem meta,
Sem luz, sem raios,  
Nada ilumina a escuridão
De mentes vazias,
Incompreensíveis figuras,
Antes humanas, hoje inúteis,
Bastardas, decaídas, indigestas...
Desiludidas imagens,
Transformadas em contaminados,
Vermes das incertezas da vida!


        

 Prosa Poética
Fonte:VERSOS SEM RIMAS
Autor: Prof.Roangas-Rodolfo Antonio de Gaspari
Imagens:Google


 

Publicado por roangas em 04/11/2010 às 11h05
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
15/10/2010 17h02
TOQUE DO SENTIMENTO
             
      
                                 
  PARTIDA

Curvando de despreso, até o desespero,
Um impasse surgiu e murchou,
Riscou você do meu caminho,
Indo buscar, quem sabe onde,
Teu destino a mim pensado existir,
Impostos sem nenhuma resistência,
Baniu planos e encantos mil,
Antes sonhos planejados,
Naufragados hoje como triste presente,
Olho... resta agora... PERDI VOCÊ!

(Autor:Prof.Roangas-Rodolfo Antonio de Gaspari)

Publicado por roangas em 15/10/2010 às 17h02
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
14/10/2010 07h32
QUANTAS VEZES???...

                            

           QUANTAS VEZES???...

   Quantas vezes um ponto de interrogação  revela uma incógnita...   
 
   Quantas vezes indagamos com o objetivo de certificar pontos indefinidos, estratégicos...

  Quantas vezes os pontos convergem para uma única direção...

  Quantas vezes tentamos buscar descobertas mútuas pela reciprocidade...

   Quantas vezes aprendemos, procurando respostas para os nossos conflitos e indecisões...

  Quantas vezes interrogamos para não obtermos as respostas que almejamos...

 Quantas... e quantas... vezes nos bastamos pelas INCÓGNITAS  da vida...

Quantas ??? Quantas??? Vezes!... APRENDEMOS ... Quantas!???... Quantas vezes???...


                                


                                             Prof.Roangas-Rodolfo Antonio de Gaspari
  

Publicado por roangas em 14/10/2010 às 07h32
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
13/10/2010 00h10
A SAUDADE
   

A     Saudade 

A saudade é um sentimento único, mostra quem são as pessoas.
 
Ela é um sentimento, muitas vezes levando à dor sofrida e irreparável.
 
Traduz melancolia de ausência, ligada pela memória.
 
O dia 30 de novembro celebra-se o "DIA DA SAUDADE".
 
Não podemos ver e nem tocar a saudade, ela um abstrato, mas sabemos o quanto é grande.
 
Há uma diversidade grande do tipo de saudade, um bem comum é a relacionada ao amor entre seres afins, pelas perdas e doídas separações.
 
Também de acordo com a filosofia de cada ser, ela pode se manifestar com intensidade quando vivenciada pela eternidade da morte, mesmo sabendo ser ela, um fenômeno da vida, para quem ainda permanece vivo.
 
A saudade é uma só, em diferentes palavras.Dai vários poetas e escritores versificaram a saudade de várias formas, por exemplo Casemiro de Abreu a retratou falando da "saudade da sua infância"...
 
Cultivamos ou alimentamos a saudade com músicas, pensamentos, perfumes, lugares, fotos, fins de tarde e madrugada.   
 
Prof.Roangas-Rodolfo Antonio de Gaspari

 

 

Publicado por roangas em 13/10/2010 às 00h10
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 1 de 6 1 2 3 4 5 6 [próxima»]

Seremos únicos em tudo que criamos... da criatividade vem a inspiração dos sonhos e até das próprias fantasias...



TEXTOS EM DESTAQUE:

Conto:

O Homem das Estrelas

Poesia:

Amizade

Crônica:

Quando se Perde a Energia

Mensagem:

Os Anjos

Carta:

O Belo Existente em Você

Poetrix:

Abraço